ECOALFABETIZAÇÃO

Aprender é um ato de entrega, de realização, de motivação e de decisão. O tempo investido neste ato é relativo ao grau de sensibilidade de cada um, ou seja, varia de acordo com a capacidade do ser humano em receber as informações, processá-las, absorvê-las e experimentá-las.

Sustentabilidade, atualmente, é definida como sendo a prática das atividades humanas para obtenção do custeio da vida em sociedade, respeitando a manutenção do ecossistema a longo prazo e valorizando os aspectos sociais e culturais pela justiça na distribuição de custos e benefícios.

A reciprocidade é fundamental no processo de aprendizado. Não basta ter ótimos orientadores, material didático claro e objetivo, espaço físico ou virtual atraente se não houver o engajamento de cada um em contribuir com suas experiências. Neste processo somos todos aprendizes-orientadores. Todas as ferramentas utilizadas em um curso devem ser dinâmicas, inclusive as ferramentas “aluno”, “tutor” e “professor”. A interação deve ser constante entre todos os “atores” dessa grande obra. Os “ingredientes” da didática, da clareza e da objetividade são importantes neste processo de indagações e formas de fazer pensar, integrado ao processo da reciprocidade, proatividade e a autonomia no processo de aprendizagem ecologica formando uma metodologia do aprender com qualidade, definem a sustentabilidade do aprender.

É necessário o despertar para a importância de aprender a aprender a educar-se, de organizar-se, de empenhar-se, de motivar-se e de inserir-se no processo de aprendizagem, de criação científica e no processo da vida como um protagonista e não como um coadjuvante que passa e não deixa suas impressões e não tira nenhuma impressão.

O ensinar é um processo de aprender a aprender, também, com o aprendiz. Explorar a autonomia do aprendiz pela curiosidade não tendo receio ou dificuldades de compartilhar experiências e conhecimentos em prol da continuidade e valorização do aperfeiçoamento pessoal e profissional é o grande diferencial no processo da sustentabilidade do aprender.

O aprendizado é o processo pelo qual se adquire conhecimento, durante um período, mediante experiências, ou seja, a busca por conceitos e práticas do passado que articulam nosso conhecimento atual.

A aprendizagem ecológica é o processo que estimula o aprendiz a ser um nativo do seu lugar e no seu tempo resgatando os princípios de vida sustentável.

A Ecoalfabetização é o conjunto de conceitos inerentes a processos comunitários calcados em princípios de sustentabilidade. O conhecimento de que toda a comunidade tem que estar engajada para atingir sustentabilidade é o resultado de um processo natural de sobrevivência e deve ser aprendido deste cedo.

Neste novo conceito a escola é um sistema colaborativo entre orientador-aprendiz por meio de uma liderança compartilhada, ou seja, a responsabilidade e autoridade surgem naturalmente nas suas interações.

O desenvolvimento dos projetos educacionais é baseado em princípios ecológicos, conceitos fundamentais em ecologia, que descrevem os padrões e processos pelos quais a natureza sustenta a vida.

A reformulação da educação pela ecoalfabetização tem como base estudantes de nível primário e médio pela religação dessas pessoas ao seu habitat e comunidades. A sala de aula é a ecologia da comunidade circunvizinha e não quatro paredes frias. A pedagogia deve estar no compromisso organizado com sistemas vivos e as vidas das pessoas que vivem pela graça desses sistemas.

O grande desafio é criar as comunidades sustentáveis – comunidades que são projetadas de tal modo que os seus modos de vida, negócios, economias, estruturas físicas e tecnologias não interfiram com a inerente habilidade da natureza para sustentar a vida.

Ser ecologicamente alfabetizado, ou ecoalfabetizado, significa compreender os princípios básicos de organização das comunidades ecológicas (isto é, ecossistemas) e ser capaz de incluí-los na vida diária das comunidades humanas.


Comentários

  1. A Ecoalfabetizção precisa ter eco... eco... eco... eco... eco...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comentários Moderados.
Só serão publicados após aprovação do editor do blog.
Não serão publicados comentários de Anônimos, fora do contexto da postagem ou que utilizam de linguagem inadequada.

Postagens mais visitadas deste blog

Patrimônio Cultural Imaterial e Material

As vantagens do calçamento de pedras

Seu direito de IR e VIR é respeitado?