Momento reflexão

Imagem da internet.

Neste ciclo passei pela minha "Via crucis" e chegando até aqui encontrei vários "Judas", cai, levantei, muitas pessoas me deram apoio outras me apedrejaram. Todo esse caminho percorrido conheci as trevas e também a luz, o amor e a falsidade, a injúria e a justiça, a verdade e a traição. Passei por momentos onde pensei que não iria suportar minha cruz e muito menos o caminho de espinhos.

Hoje, tenho certeza, que em momento algum Jesus Cristo, por meio de seus enviados de amor e luz, jamais me deixou só.

Podem me rotular daquilo que queiram, mas, meu espirito só Deus conhece em sua plenitude. Podem me julgar, pois o fazem pelo reflexo de seu próprio caráter. Minha aparência tem as marcas da minha vida, as experiências e as responsabilidades.

Não busco reconhecimento e muito menos pena das pessoas, apenas RESPEITO. Não peço que gostem de mim, mas se assim o fizerem que seja pelo menos um sentimento verdadeiro e fraternal. Tenho um temperamento onde exponho o que penso, aquilo que me incomoda e, também, aquilo que me agrada.

Me dedico a tudo que faço, pois faço com satisfação. Meu maior defeito: querer que as pessoas tenham atitudes condizentes com as minhas, de acordo com a mesma dedicação. E sempre quebro a cara. No meu próximo ciclo tenho que corrigir esse defeito.

Sempre tive a certeza que eu não era deste mundo. Sempre me senti deslocado nesta morada. Com o tempo, aprendi que temos a necessidade do mal para sentirmos o bem; da doença para gozarmos da saúde, ou seja, eu estou sim no lugar certo, pois tudo isso faz parte da minha evolução.

Neste momento de reflexão descobri que não sou santo, nem tenho essa pretensão. Pelo contrário, tenho um espirito que não se sujeita a ser pisado, humilhado e que não suporta mentiras e injustiças. Apenas fica ao meu lado quem realmente tem o "poder" de me aceitar como eu realmente sou. Não estou neste mundo para agradar a ninguém, apenas estou fazendo um estágio de evolução.

O aprendizado é longo...
... e o caminho é uma incógnita!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Patrimônio Cultural Imaterial e Material

As vantagens do calçamento de pedras

Crescimento x Desenvolvimento