ESTAÇÃO FERROVIÁRIA STEVENSON

Falta pouco...

Pouco, apenas alguns detalhes para que o edital de licitação, da restauração da ESTAÇÃO FERROVIÁRIA STEVENSON, seja lançado.

Um grande empreendedor tem interesse na área e, como ele mesmo disse, irá usar o fato do prédio ser tombado pelo Patrimônio Cultural de Araguari, como marketing para seu negócio. O investimento será de R$ 487.000,00 (verba do Ministério do Turismo) e mais R$ 119.000,00 (de contrapartida da Prefeitura).

Se nenhum fato obscuro ocorrer nesse processo, a ESTAÇÃO FERROVIÁRIA STEVENSON será restaurada, e se tornará um dos melhores pontos turísticos da região. Todos os projetos já foram concebidos e aprovados, agora, só falta mesmo a licitação para inicio das obras.

Conheça um pouco mais

Zona Rural – BR 050 – Km 769/767
Tombado pelo Decreto nº 039 de outubro de 2002.

Dentro do espírito de expansão da rede ferroviária no Brasil, em 1896 é instalada em Araguari a “Companhia Mogiana de Estrada de Ferro”, com sede em Campinas – SP.

O trecho entre Uberlândia e Araguari possuía 06 (seis) postos de abastecimento: Posto do Jiló, Estação de Sobradinho, Margem do Rio Araguari, Posto do Preá, Estação da Stevenson, Posto do Angá e o ponto final era a Estação Mogiana em Araguari.

Construída na zona rural na região do Fundão, e inaugurada em 1927, a Estação da Stevenson, compreende o prédio da Estação, a Casa de Turma e a Casa do Funcionário, formando um conjunto ferroviário importante por onde passava todo o movimento de passageiros e cargas e servia de ponto de encontro da população que residia na redondeza.

Com a construção, na década de 60, da variante Omega – Araguari e a desativação da linha, a Estação foi substituída por uma nova versão com o nome de “Stevenson Nova”, ficando a antiga Estação fora dos trilhos da ferrovia.

Sua preservação é de fundamental importância para a memória da ferrovia no município e no país.


Fonte: Arquivo Público e Museu "Doutor Calil Porto"/Divisão de Patrimônio Histórico/FAEC

Comentários

  1. E até hoje, nada...
    Fatos obscuros parece que viraram a regra.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comentários Moderados.
Só serão publicados após aprovação do editor do blog.
Não serão publicados comentários de Anônimos, fora do contexto da postagem ou que utilizam de linguagem inadequada.

Postagens mais visitadas deste blog

Patrimônio Cultural Imaterial e Material

As vantagens do calçamento de pedras

Seu direito de IR e VIR é respeitado?